Contato
Parece que o seu Javascript está desligado. Você pode navegar no site sem o Javascript, mas alguns dos recursos não irão funcionar.

Como coloco minhas listas no eBird?

Se você quer colocar suas observações no eBird, mas não sabe exatamente como começar, está no lugar certo, porque este artigo tem exatamente tudo que você precisa saber.

Criando uma conta no eBird

Antes de qualquer coisa, você precisa de uma conta no eBird para enviar seus registros. Fazer isto é muito simples: você só precisa ir para www.ebird.org, e clicar no link “registre novo usuário” (Register as a New User), que fica no topo da página, como mostramos na imagem à direita. Ao fazer isto, você será direcionado a uma página onde poderá criar seu nome de usuário e começar na mesma hora a usar o eBird! Obs: se você já participou de outro projeto do Cornell Lab (por exemplo, Great Backyard Bird CountProject Feederwatch), poderá usar a mesma conta para o eBird.

Envie seus registros

Onde você foi observar aves?

Agora que você tem uma conta, como pode contribuir enviando seus dados? Isto é feito através da página “enviar observações” (Submit Observations), que pode ser acessada do topo de qualquer página no eBird. Uma vez que você esteja na página Submit Observations, a primeira pergunta que precisa responder é sobre “onde você foi observar aves” (Where did you bird?). Se você está passarinhando em um local para o qual ainda não tem nenhuma lista no eBird, terá que colocar o município, estado ou país, no campo “encontrar num mapa”, que está indicado com uma seta vermelha na figura. Você deve colocar apenas seu município, estado ou país aqui, e no passo seguinte poderá escolher a localidade mais específica. Mais detalhes sobre o processo de seleção de localidades podem ser encontrados neste artigo sobre como adicionar novas localidades ao eBird (How do I add a new eBird location?)

Quando e como você foi observar aves? 

Depois de ter escolhido sua localidade, você estará na página de “data e esforço” (Date and Effort page). É aqui que você coloca a data e o horário em que foi observar aves, quanto tempo levou para chegar/quanto tempo passarinhou, e como fez suas observações, por exemplo, “no mesmo local” (Stationary), “em viagem” (Traveling), “por ocaso” (Incidental). Esta página é muito importante para o uso científico do eBird, e portanto você deve ter certeza de que está anotando corretamente o horário de início, a duração e as distâncias! Se você não tem certeza destes números, por favor utilize “histórico” (Historical) ou “por ocaso” (Incidental) para o “tipo de observação” (Observation Type). Não é fundamental anotar nenhuma informação além das espécies de aves que observou, mas quanto mais informações houver, mais úteis suas observações serão para outros observadores, pesquisadores e para a conservação. Dê uma olhada neste artigo para mais informações sobre como tornar suas listas mais úteis para a ciência (How To Make Your Checklists More Valuable). Após clicar em “continuar” (Continue) na página “Data e Esforço” (Date and Effort), você estará finalmente pronto para enviar a lista de aves que observou!

Que aves você viu? 

Bem vindo à página de listas do eBird! Clique na imagem da direita para ter uma versão ampliada. Esta página é onde você digita seus dados no eBird, e é também a forma de contribuir com seus registros para uma rede mundial de informações sobre aves! Todas as espécies que podem ser vistas na região onde você está observando aves nesta mesma época do ano estarão visíveis em formato de lista. Você pode colocar o número de indivíduos ao lado de cada espécie que registra, ou apenas um “X”, se não tem certeza de quantos viu.
 
Como mostramos aqui, você pode inserir anotações em forma de texto para cada um de seus registros, como por exemplo o sexo (macho ou fêmea), a idade (adulto, juvenil), ou se um determinado indivíduo mostrava sinais de comportamento reprodutivo. Isto é feito ao clicar o botão “adicionar detalhes” (Add Details) que fica ao lado do nome da espécie. Você pode tambem inserir imagens, videos e sons (embed images, videos, and sounds) em suas listas do eBird.
 
Para facilitar a entrada de seus dados, você pode usar a caixa “pular para espécies” (Jump to Species), indicada pela seta vermelha, para rapidamente ir para qualquer espécie na lista, colocando nomes cientificos ou populares nesta caixa. Também no lado direito da página está a possibilidade de selecionar “agrupar por mais prováveis” (Group by Most Likely). Quando esta opção é selecionada, as espécies mais frequentemente registradas na área em que você está, aparecerão no topo da lista. Esta é uma ótima maneira de ter uma idéia prévia do que esperar na região onde você está, tornando além disso, a entrada dos dados muito mais fácil, quando você está vendo apenas as espécies esperadas!
 
Após ter digitado seus dados, adicionado os detalhes que quiser, e quando estiver pronto para enviar seus dados para o eBird, chegou o momento de pressionar a tecla “enviar” (Submit) no canto inferior direito da página. No entanto, antes disso, é necessário responder uma importante questão: “Você está enviando uma lista completa das aves que conseguiu identificar?  Se você sabe que está deixando de fora alguns de seus registros (por exemplo, dez pardais), escolha “Não” (No). Se você está enviando o registro de todas as espécies que viu e identificou, até onde foi possível, selecione “Sim” (Yes).
 
Pronto! Você enviou seus dados para o eBird, e desta forma contribuiu com um banco de dados de cerca de 225 milhões de observações, ajudando observadores, pesquisadores e conservacionistas do mundo inteiro. Muito obrigado.

Para saber mais sobre como ter acesso às informações enviadas, dê uma olhada em nosso artigo sobre “meu eBird” (My eBird).
help@ebird.org
https://cdn.desk.com/
false
desk
Loading
seconds ago
minutes ago
hours ago
days ago
false
Invalid characters found
/customer/pt_br/portal/articles/autocomplete